Localização: Rua Visconde de Pirajá 550 sala 1815 | Atendimento: (21) 2512-9030

Como forma de gratidão por sobreviver ao que os médicos chamam de ‘morte súbita’, Cristiano largou o emprego e passou a se dedicar a programas sociais.

Cristiano Goldenberg era um homem de saúde perfeita aos 40 anos, que não fumava, não bebia, estava no peso ideal. Ele fazia exames regularmente e nunca tinha tido nenhum sinal de problemas cardíacos. Até aquele 12 de abril em que o coração dele parou na reta final de uma meia maratona. O corredor ficou 16 minutos sem vida. Teve o que a medicina chama de ‘morte súbita’.

Acesse o link:
http://g1.globo.com/globo-reporter/noticia/2018/04/homem-morre-por-16-minutos-e-muda-radicalmente-o-modo-de-viver.html

Related Posts

Comments are closed.